048 – Onde está o Deus de Elias?

“Depois pegou o manto de Elias, que tinha caído, e voltou para a margem do Jordão. Então bateu nas águas do rio com o manto e perguntou: “Onde está agora o Senhor, o Deus de Elias? ” Tendo batido nas águas, essas se dividiram e ele atravessou.” – 2a Rs2.14.

Suceder um grande líder não é fácil. É comum sabermos de filhos herdeiros que destroem a empresa que o pai construiu com muito esforço. É possível suceder um grande líder com dignidade?

Elias tinha concluído seu ministério, e já havia sido revelado que Eliseu era o seu sucessor (1ª Rs.19.19-21). Agora, era preciso dar as últimas provas e lições. A primeira delas é se Eliseu seria um seguidor obediente e fiel, e não um profeta ganancioso e rebelde, e Eliseu mostrou-se um seguidor até o fim (2ªRs.2.6). No capítulo anterior, vemos Acazias sendo fiel ao seu antecessor ímpio, seu pai Acabe, e Deus punindo-o severamente; a Palavra nos ensina, assim, que não devemos ser fiéis aos nossos antecessores que são infiéis; mas não era esse o caso de Elias, portanto, Eliseu foi fiel a um servo fiel de Deus.

A segunda lição de Eliseu foi fazê-lo rememorar os grandes feitos do Senhor, fazendo o trajeto inverso do povo de Israel, de Betel a Jericó, às margens do Rio Jordão. Estava lembrando seu discípulo do poder do Deus de Elias.

Ao avistar a glória de Deus no arrebatamento de Elias, Eliseu mostrou que será bem sucedido fazendo a pergunta que deve ser o nosso discurso de posse ao assumir qualquer ministério: “Onde está agora o Senhor, o Deus de Elias?”

Os homens de Deus a quem nos espelhamos nunca devem tomar maior assento em nosso coração do que o de homens de Deus, homens usados por Deus; devemos nos lembrar que o único motivo do sucesso deles é porque Deus é um Deus soberano e poderoso. O sucesso de Elias não era Elias, mas o Deus de Elias.

Eliseu, então, será confirmado por Deus realizando os mesmos milagres do seu mestre, e refaz o trajeto e vai além, com sua “porção dobrada”. Eliseu realiza mais que Elias, assim como é Josué quem entra na terra prometida, e não Moisés; é Salomão quem constrói o templo, e não Davi.

Não se desencoraje com os grandes feitos dos nossos mestres e exemplos, mas nos preparemos para mais, perguntando e esperando sempre pelo Deus de Elias.

Dica de livro

Comente conosco o que achou desta postagem