72 – Presentes para Jesus

“Como posso retribuir ao Senhor toda a sua bondade para comigo?” Sl.116.12.

Amigo secreto é tradição nas festas de fim de ano. É convenção social, por exemplo, que haja esse tipo de confraternização em empresas, entre os funcionários. Juntam-se chefes e empregados, e tiram o sorteio. Ai de quem pega os seus chefes. Passa nervoso. O que dar ao chefe? E se ele for rico, vem a pergunta: o que eu posso dar a quem já tem tudo?

Curiosamente, pouco perguntamos o que oferecer àquele a quem comemoramos o aniversário. E se parássemos para pensar, chegaríamos à mesma pergunta: “Como posso retribuir ao Senhor toda a sua bondade para comigo?” – Sl.116.12.

O evangelho de Mateus nos apresenta a alguns magos que tiveram esse privilégio de presentear Jesus no dia do seu nascimento. Vindos do Oriente, guiados por uma estrela, “abriram os seus tesouros e lhe deram presentes: ouro, incenso e mirra” – Mt.2.11.

Os magos do Oriente foram convidados por Deus para presenciar e presentear o nascimento do seu rei. Esse Jesus não seria apenas o rei dos judeus, mas o rei dos Reis, como está escrito: “Que os reis de Társis e das regiões litorâneas lhe tragam tributo; os reis de Sabá e de Sebá lhe ofereçam presentes” – Sl.72.10.

Mas como nós poderíamos presentear o menino Jesus? Afinal, Jesus se agrada de ouro, incenso e mirra? O que alegra o coração de Jesus?

Em Lucas 15, Jesus dá algumas pistas do que alegra o seu coração. Primeiro, fala de um pastor que se alegra ao encontrar sua ovelha, e explica: “haverá mais alegria no céu por um pecador que se arrepende do que por noventa e nove justos que não precisam arrepender-se” (v.7). Em seguida, fala de uma mulher que ficou alegre por achar sua moeda, e conclui: “há alegria na presença dos anjos de Deus por um pecador que se arrepende” (v.10) e finalmente, contou sobre a alegria de um pai que recebeu seu filho arrependido: “Vamos fazer uma festa e alegrar-nos. Pois este meu filho estava morto e voltou à vida” (v.23).

Quando eu vejo a minha filha rindo, não importa o que esteja acontecendo, meu coração se alegra. Quando alguém que amamos está alegre, nós ficamos alegres. Quem amamos acima de todas as coisas? Jesus se alegra com o nosso arrependimento e nossa santificação.

Em Isaías 53.11, lemos: “Depois do sofrimento da sua alma, ele verá o resultado do sofrimento da sua alma e ficará satisfeito”, e em Hebreus 12.2, também “Ele, pela alegria que lhe fora proposta, suportou a cruz”. Jesus suportou a Cruz pois havia um lindo presente como resultado desse sofrimento: nossas vidas transformadas.

É bom comemorarmos o natal próximo ao ano novo. Pois natal significa nova vida, novo começo. Combine o natal e o presente que você almeja dar a Jesus oferecendo a Ele um ano em que sua vida trará a ele a recompensa pelo seu sacrifício, ofereça-lhe um coração quebrantado, um coração obediente e que se alegra com a alegria dEle.

Esse é o melhor presente para Jesus, e ele “ficará satisfeito”.

Dica de livro

Comente conosco o que achou desta postagem