73 – Você está sendo chamado

“E vocês também estão entre os chamados para pertencerem a Jesus Cristo” Rm.1.6

Ninguém espera ser chamado para servir numa guerra. Mas muitos estão aguardando o chamado para algum cargo público. Há impaciência para esperar ser chamado na fila do banco, mas há muito emoção quando você é chamado para receber algum prêmio. O que você realmente precisa saber, no entanto, e isso é mais importante que qualquer outra coisa, é que você está sendo chamado por Deus. De verdade.

Em Romanos 1.1-7, Paulo fala a esse respeito. Podemos destacar pelo menos três razões pelas quais Ele nos chama.

Primeiro, Jesus nos chama para pertencer a Ele: “E vocês também estão entre os chamados para pertencerem a Jesus Cristo” (Rm.1.6). Pertencíamos ao nosso coração desesperado. Mas agora Jesus nos chama para sermos livres e pertencermos a Jesus. Não somos cães sem dono. A autonomia humana é um autoengano mortal. Mas o Senhor nos chama para sermos dEle, um Senhor amoroso, que tudo faz para o nosso bem.

É a melhor notícia de todos os tempos. Eu não quero estar entre os chamados ao prêmio da loteria. Eu quero estar entre os chamados a pertencerem a Jesus Cristo. O Senhor é digno, Ele conquistou o direito na Cruz. Somos propriedade exclusiva de Deus.

Em seguida, Jesus nos chama para sermos parecidos com Ele: “A todos os que em Roma são amados de Deus e chamados para serem santos” (1.7). Jesus nos chamou para a santidade, para um relacionamento tão profundo com Deus que sua Semelhança é impressa em nós. A Palavra de Deus deve manchar o nosso rosto. Somos os “santificados em Cristo e chamados para serem santos” (1Co.1.2). Liberdade é santidade. Aqueles que pertencem a Jesus se parecem com Ele.

Finalmente, somos chamados para servir a Jesus. Paulo, agora, dá o seu próprio exemplo: “Paulo, servo de Cristo Jesus, chamado para ser apóstolo, separado para o evangelho de Deus” (1.1). Paulo foi separado por Deus para servir. O seu serviço era fazer do seu chamado um movimento: “Por meio dele e por causa do seu nome, recebemos graça e apostolado para chamar dentre todas as nações um povo para a obediência que vem pela fé” (1.5). Paulo foi chamado por Deus para chamar outros. E todos nós também somos: “Vocês, porém, são raça eleita, sacerdócio real, nação santa, povo exclusivo de Deus, para anunciar as grandezas daquele que os chamou das trevas para sua maravilhosa luz” (1Pe.2.9). Fomos chamados para chamar. O Senhor nos deu um serviço, nos confiou uma tarefa. Você está às ordens?

O Senhor nos chama para pertencer, parecer e servir a Jesus. Mas não porque éramos bons, ou porque fomos bem na prova, ou porque o nosso número foi sorteado: “(Ele) nos salvou e nos chamou com uma santa vocação, não em virtude de nossas obras, mas por causa da sua própria determinação e graça” (2Tm.1.9). Leia-se “determinação” como “amor profundo”. O Senhor nos chama porque nos ama.

Responda a esse chamado com arrependimento, humildade e alegria. Mas responda enquanto é tempo. Pode ser a última chamada.

Dica de livro:

Comente conosco o que achou desta postagem