024 – Saindo da zona de conforto para servir a Deus

“(Davi) perguntou ao Senhor: “Devo atacar esses filisteus? ” O Senhor lhe respondeu: “Vá, ataque os filisteus e liberte Queila” – 1 Sm 23.2.



Davi tinha motivos para ficar no canto dele: Saul caçava-o ensandecidamente. Por isso, fugiu para Nebo buscar ajuda com os sacerdotes. Não podendo continuar ali, vai se refugiar em território inimigo. Escapando da morte, desce mais abaixo na escala da dignidade, exilando-se nas cavernas e montanhas, lar dos foras-da-lei. Neste momento, finalmente Davi encontrara um lugar seguro, entre as montanhas que formavam uma verdadeira fortaleza. Davi tinha motivos para ficar no canto dele.

Os filisteus, por sua vez, vendo que Saul estava mobilizando todo o exército contra Davi, aproveitaram a situação para avançar suas fronteiras em direção a Judá, tomando e saqueando a cidade Queila.

O rei no trono não se preocupa com isso: Saul tinha seus próprios problemas para resolver. O rei fora-da-lei Davi, por sua vez, se compadeceu de Queila e se enfureceu vendo um reino pagão afrontar o Senhor dos Exércitos. Davi consulta o Senhor: “Devo atacar esses filisteus? ” A resposta veio como uma ordem! “(…) Vá, ataque os filisteus e liberte Queila” (1 Sm 23.2).

Davi sim tinha seus próprios problemas: um exército despreparado, um rei assassino na sua cola e agora o Senhor pedia-lhe para sair de sua fortaleza para atacar o exército que ainda guardava ódio pelo guerreiro que matara Golias. Que loucura era aquela?

Mas Davi sabia que não há nada mais importante que obedecer ao Senhor: assim, pouco depois, os filisteus viram seu exército destroçado em Queila por um menino e seu exército improvável, mas junto de um Deus indestrutível.

Ao observar ao redor, podemos encontrar pessoas que não conhecem a Cristo, e podemos achar que isto não é problema nosso. Quantas batalhas a igreja trava diariamente, e diante de nossos próprios problemas, encaramos a igreja como se não fosse problema nosso. De fato, podemos ter muitos problemas a ocupar nossos corações, mas nessas horas, como Davi, podemos colocar o Reino de Deus em primeiro lugar.

Comente conosco o que achou desta postagem